Pode dirigir com fone de ouvido?

Com o avanço da tecnologia, dirigir com fone de ouvido é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum nas estradas e ruas ao redor do mundo.

A popularização dos dispositivos móveis e dos acessórios faz com que muitos motoristas optem por utilizar os fones enquanto dirigem para ouvir música, fazer chamadas ou, até mesmo, para seguir instruções de GPS.

No texto de hoje, o Grupo Comigo vai trazer se, afinal, a legislação brasileira de trânsito permite que se dirija com os fones de ouvido em uso, os riscos dessa direção e como isso pode afetar o seu seguro veicular. Ficou curioso ou curiosa? Acompanhe com a gente!

É permitido dirigir com fone de ouvido?

Dirigir com fone de ouvido é uma prática que levanta questões de segurança e regulamentação em muitos lugares ao redor do mundo.

No Brasil, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é muito objetivo em relação a essa prática. Conforme orienta o portal Uol, o artigo 252 do CTB lista vários itens como infração, incluindo dirigir utilizando-se de fone de ouvido conectados a aparelhagem sonora ou de telefone celular.

A justificativa para essa proibição está relacionada à segurança viária. O uso de fone de ouvido pode isolar o motorista dos sons externos importantes, como buzinas, sirenes de ambulâncias, sinais de alerta e até mesmo outros veículos se aproximando.

Esses sons são cruciais para manter a consciência situacional e reagir adequadamente diante a situações adversas.

Quem dirige de fone de ouvido é multado?

No Brasil, dirigir com fone de ouvido é considerada SIM uma infração de trânsito. Isto é, quem for flagrado dirigindo com fones pode ser multado pelas autoridades.

De acordo com o portal Jornal Contábil, a infração é considera média, resultando em uma multa no valor de R$130,16 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Sendo assim, para evitar multas e garantir a segurança nas estradas é fundamental respeitar as leis de trânsito, que também visam reduzir a incidência de acidentes relacionados à distração durante a condução, combinado?!

Quais os riscos de dirigir com fone de ouvido?

É indiscutível que a tecnologia trouxe inúmeras facilidades para o cotidiano, incluindo a conveniência de ter acesso à música, comunicação e informações em tempo real enquanto se está ao volante.

No entanto, além de ser proibido, quando o motorista usa fone de ouvido durante a condução do veículo, ele pode comprometer seriamente a atenção e a capacidade de reação.

Isso ocorre porque, como já foi visto, os fones tendem a isolar o motorista dos sons externos e a perda de audição desses sons cruciais pode resultar em situações perigosas.

Imagine, por exemplo, uma ambulância atrás de você. Usando o fone de ouvido, provavelmente você não irá ouvir a sirene, atrapalhando a situação de emergência ou, até mesmo, não perceberá as manobras bruscas dos carros ao seu redor para dar passagem ao veículo, podendo resultar em um acidente.

Isso pode colocar todos em risco, também pode levar a acidentes graves que danificam os veículos e pode causar lesões em você e em outras pessoas envolvidas.

Um estudo realizado pela Ford, na Europa, demonstrou os perigos de dirigir usando fones e divulgou que motoristas, ciclistas, skatistas ou pedestres que usam fones de ouvido na rua demoram, em média, 4,2 segundos a mais para reagir aos perigos. E, acredite: qualquer segundo a mais para ter uma reação pode colocar muitas vidas em jogo!

Sendo assim, o uso de fone de ouvido é um grande causador de acidentes de trânsito, por isso essa prática é proibida nas vias do território brasileiro.

O seguro cobre acidentes ocasionados por fone de ouvido?

Em relação ao seguro automotivo, é importante lembrar que a maioria das seguradoras de automóveis considera o comportamento do motorista ao calcular os prêmios de seguro e ao decidir sobre o pagamento de sinistros, segundo o Portal do Trânsito.

Se você se envolver em um acidente enquanto estiver usando fones de ouvido, sua seguradora pode investigar o incidente e avaliar se a distração causada pelo uso desses dispositivos contribuiu para o acidente.

Em alguns casos, isso pode resultar em uma redução na indenização que você receberá para reparar o seu veículo ou cobrir despesas médicas.

Além disso, infrações de trânsito podem aumentar o custo do seguro de automóveis a longo prazo. Então, mesmo se você não se envolver em um acidente, mas receber multas constantemente, isso pode impactar o valor final do seu seguro.

Outro ponto a considerar é o risco de acidentes causados pelo uso de fone de ouvido que podem resultar em danos materiais ao seu veículo. Mesmo que você tenha um seguro abrangente, ainda pode ser necessário pagar uma franquia para reparar os danos do seu automóvel após o incidente.

Essa despesa adicional pode ser evitada simplesmente evitando o uso do fone ao dirigir!

Alternativa para fone de ouvido, existe?

Uma alternativa segura e conveniente ao uso de fone de ouvido ao dirigir é a utilização de sistemas de som do veículo e dispositivos de mãos livres integrados.

A maioria dos carros modernos vem equipada com sistemas de áudio avançados que permitem conectar seu smartphone via Bluetooth, permitindo que você atenda chamadas, controle a música e até mesmo use comandos de voz sem tirar as mãos do volante.

Além disso, os sistemas de navegação GPS incorporados no carro fornecem orientações sonoras diretamente pelos alto-falantes do veículo, eliminando a necessidade de usar um aplicativo de GPS no telefone celular com fone de ouvido.

Vale lembrar que o som nunca deve estar alto, seja em uma música, chamada telefônica ou GPS. Combinado?

Portanto, é essencial priorizar a segurança no trânsito e evitar o uso de fone de ouvido ao dirigir. Opte por alternativas seguras e proteja o seu veículo e a si mesmo com serviços inteligentes que garantem economia e praticidade no seu dia a dia.

Seguro Veicular é na Comigo

Se você procura um seguro veicular econômico e eficiente, clique aqui e conheça as nossas ofertas imperdíveis para você dirigir com segurança e tranquilidade.

Fale com o Grupo Comigo: temos quase 10 anos de experiência em segurança e gestão veicular. Oferecemos soluções completas para as empresas e para os proprietários de automóveis, tais como: monitoramento, assistência veicular, proteção veicular, rastreamento veicular (rastreador veicular), gestão de frota, terceirização de frota e muito mais.

Quer saber mais detalhes? Entre em contato agora mesmo com nosso time especializado e saiba mais sobre como proteger seu automóvel com uma cooperativa de seguro veicular e economizar até 30%!

LEIA MAIS

Acompanhe-nos nas redes socias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress

Esse site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.