BOTÃO DO PÂNICO: INDISPENSÁVEL EM CASOS DE EMERGÊNCIA

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Aqui no blog da Comigo o assunto “segurança” é algo recorrente, uma vez que trabalhamos com ferramentas que auxiliam nossos clientes a se sentirem mais seguros. Hoje falaremos sim sobre segurança, porém, será um post diferente. 

Tratamos das mais diversas ocorrências diariamente, e, infelizmente, a insegurança vivida pelos nossos clientes é com o que mais lidamos. 

 

Hoje vou te contar uma dessas ocorrências [as identidades das pessoas envolvidas serão preservadas]. No dia 22 de novembro do decorrente ano, por volta das 15 horas,  a nossa central de atendimento recebeu a ligação da esposa de um cliente. Muito nervosa, pedia a localização do veículo do marido a todo custo. Existe um procedimento aqui na empresa que é a confirmação da senha de voz, para liberação de qualquer informação ou serviço.

 

No ato da contratação a pessoa disponibiliza uma senha numérica, frase, etc., que é solicitada sempre que alguém entrar em contato com a central. Como a esposa não sabia a senha de voz, nossa política de privacidade não permite que passemos nenhuma informação. 

 

Possuímos uma equipe extremamente qualificada para atender todo e qualquer evento, a fim de entender melhor o que estava acontecendo, nosso colaborador que atendeu a ligação, verificou a localização e constatou que o carro estava à margem de uma rodovia, desde as 10 horas da manhã, em seguida, retornou para a esposa e explicou que iríamos monitorar o veículo e manteríamos contato.

 

Imediatamente nossa central entrou em contato com a polícia local, a mesma informou que não possuía disponibilidade de viaturas no momento. Paralelamente, o colaborador acionou também o serviço de pronta resposta, a equipe foi até o local, identificou que o veículo se encontrava atolado na areia e abandonado, sem ninguém por perto. 

Só após a chegada da equipe de pronta resposta ao local, o colaborador responsável enviou a localização do veículo à esposa do cliente. Por uma questão de segurança, só disponibilizamos essa informação a ela após averiguação do local e chegada da polícia, que só conseguiu chegar ao local no período da noite. O carro se encontrava atolado em uma área deserta. O cliente, que trabalha como Uber, havia aceitado uma corrida com dois homens e uma mulher, durante a viagem pediram que ele desligasse o aplicativo, pois pagariam em dinheiro um valor mais alto.

 

Quando nossa equipe de pronta resposta localizou o veículo, a vítima já estava sob domínio dos ladrões, como refém, para o roubo de outros carros. Por volta das 22 horas recebemos a confirmação de que o rapaz, nosso cliente, havia sido localizado na praia de Muriú/RN, fisicamente bem, porém, muito abalado. 

 

Graças ao sistema de rastreamento veicular, foi possível localizar o veículo assim que recebemos a ocorrência, não havendo nenhum custo adicional pelo serviço prestado (pronta resposta e guincho). 

 

Juntamente com o rastreador veicular existe uma funcionalidade, opcional, que é o botão do pânico. Esse dispositivo pode ser acionado em situações de emergência. Quando o botão é acionado, é emitido um alerta sonoro para nossa central de monitoramento, que, imediatamente, entra em contato com os familiares ou pessoas próximas ao cliente (no ato da adesão, pedimos que a pessoa disponibilize o contato de, pelo menos, mais duas pessoas). Caso não seja obtida nenhuma informação, é realizada a tentativa de contato com o próprio cliente e solicitado a senha de voz. Se ainda assim não obtivermos informações, a polícia é acionada e passamos a localização do veículo, pois, muito provavelmente se trata de um sinistro.

 

Esse botão pode ser instalado no porta-malas do carro, por exemplo, a instalação nesse local é de grande auxílio em casos de sequestros, situação em que geralmente o motorista é colocado escondido nessa parte do veículo. No caso do relato acima, se o cliente possuísse essa funcionalidade, poderia tê-lo acionado, dessa forma, nossa equipe agiria de forma imediata e o serviço aconteceria de forma ainda mais rápida, reduzindo todo o processo e evitando o trauma de estar a mercê de bandidos durante tanto tempo.

 

É óbvio que não desejamos que esse tipo de situação nos aconteça, mas é necessário estar preparado, uma vez que vivemos em um cenário onde, infelizmente, essas situações são recorrentes. O serviço de rastreamento, juntamente com o botão do pânico são ferramentas que auxiliam na prevenção de roubos e furtos. E servem de amparo, muitas vezes, salvando vidas, caso o sinistro venha de fato acontecer.

 

 

LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSUNTOS

Contrate agora o melhor sistema de controle e segurança para o seu veículo!

Contrate agora o melhor sistema de controle e segurança para o seu veículo!